Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mantinha do Ego

Pequenos retalhos que cobrem o alvorecer de dois quotidianos...

Mantinha do Ego

Pequenos retalhos que cobrem o alvorecer de dois quotidianos...

E eis que chegou 2019...

2019 chegou e com ele começam a ganhar forma os tradicionais desejos para o «ano novo, vida nova».

 

Então que assim seja!

 

Vou pensar nas minhas resoluções e escrevê-las. Pode ser que assim pareçam mais credíveis do que meros pensamentos engolidos nas 12 passas que não comi...

 

Que este ano entre levemente, como brisa que sopra pelos dias que agora passam, sem darmos por isso, e que seja uma lufada de ar fresco para recuperar dos dias de azáfama vividos para celebrar o ano que findou.

 

Que traga consigo a possibilidade de desejos realizar, sejam eles as tão desejadas saúde, paz, alegria e sucesso, como o sol que aquece nas tardes de inverno ou as estrelas que pintam o céu limpo numa noite de verão em que acampamos com amigos e tocamos melodias ao som da guitarra.

 

Que a mudança seja radical para quem quer a «vida nova»! Que corte a respiração, agite, derrube, levante e abrace. Que haja consolação!

 

Que 2019 traga coragem para vencer barreiras, determinação para saltar os obstáculos e ganhar a maratona de sorriso rasgado e sem fôlego ao cortar a meta.

 

Que seja sinónimo de respeito e amor! Que traga paz aos corações e nos ajude a sermos mais compreensivos. Se assim não for, para quê comer as 12 rugosas passas?

 

Autenticidade! E olha que este é importante... Sermos fiéis a nós e aos outros para termos a tão desejada paz de espírito.

 

E se não for pedir demais, então ainda quero que 2019 seja um ano em que a alegria, a sabedoria e a coragem andam de mãos dadas, como crianças que saltam à corda e brincam com a bola da mudança.

 

Que hajam sonhos e que estes possam ser bem reais e felizes...

 

Que o tempo permita a leitura, passeios pela praia, viagens para lugares de cortar a respiração e conhecer novas pessoas!

 

Que possa cumprir metas pessoais e profissionais para crescer em sabedoria (já chega de brincadeiras com a balança!).

 

Então que seja isto. Que se cumpra esta utopia e que 2019 seja melhor que 2018 e se não for, também não me importo que seja igual.

 

Afinal o que conta é mesmo poder ser feliz!

 

desejos.jpg