Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mantinha do Ego

Pequenos retalhos que cobrem o alvorecer de dois quotidianos...

Mantinha do Ego

Pequenos retalhos que cobrem o alvorecer de dois quotidianos...

O poder das palavras, palavrinhas e palavrões

Há palavras que são palavrinhas e palavrinhas que são autênticos palavrões.

No meio de tanto palavreado o que interessa são mesmo as interpretações.

Palavras que transportam e palavras que enriquecem, 

No fundo, o que se quer mesmo, é saber o que estremecem.

 

Das palavras que são vazias, àquelas que carregam o mundo,

No meio de tanta agonia, elas são um bem profundo.

Uma busca pela palavra e sobre o seu significado,

Numa tal permanência em que tudo está petrificado.

 

As palavras são poderosas, são capazes de alegrar,

Mas não se pode esquecer, o poder de nos magoar.

Por isso, há palavras e palavrinhas, palavrinhas e palavrões,

O mais importante que tudo são o mundo de imaginações.

 

Vamos, então, usar e abusar deste bem precioso,

Que nos foi dado como um tesouro valioso.

Usemos as palavras, gritemos quase a berrar,

Porque na verdade, elas são capazes de sobejar.

 

palavras.png