Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mantinha do Ego

Pequenos retalhos que cobrem o alvorecer de dois quotidianos...

Mantinha do Ego

Pequenos retalhos que cobrem o alvorecer de dois quotidianos...

Lúcia Costa em 19.03.19

A todos os pais...

Aos que amam, criam e sustentam aos que protegem, geram e guardam aos benfeitores, senhores e progenitores.   Aos que choram com o brilho do olhar aos que criam rugas em cada provação aos (...)
Lúcia Costa em 07.03.19

O crime de querer poder?

Os crimes fazem parte da vida do Homem desde o início, se tomarmos como exemplo o Caim e o Abel, mas nem por isso podem ser aceites. Nada justifica agir contra a integridade física e (...)
Lúcia Costa em 18.02.19

Hoje sinto-me chuva

Chove lá fora. O barulho embala-me o pensamento e faz-me viajar para lá do sonho. Para um momento não vivido e para uma realidade que não existiu. A chuva é assim, pequenos pingos de quimeras.
Lúcia Costa em 16.01.19

Minorias da memória

Vivemos numa sociedade de minorias. Minorias que vão minando e facilmente se transformam em maiorias que invalidam tudo o que até àquela situação, local ou dito tem anos de história, (...)
Lúcia Costa em 15.03.19

Ser sol

Há quem diga que temos uma missão e que nascemos com um objetivo preciso.   Há quem defenda que somos pequenas partes do antes, que compõem o depois.   O certo é que cada um tem a sua (...)
Lúcia Costa em 20.02.19

Há dias assim

Surgiu no céu uma das maiores luas do ano. Não sei se é mesmo assim. Perco a conta às muitas variedades de lua que aparecem no céu. Quando eu era pequena ensinaram-me que a lua tinha (...)
Lúcia Costa em 11.02.19

Pessoas de olhar triste

Num lugar distante, perdido no tempo, moram pessoas de olhar triste. Um olhar velado de quem apenas vê até à montanha que lhe quebra o horizonte. Fazem a vida tal como todas as pessoas. (...)
Lúcia Costa em 11.01.19

Lâmpada mágica

A aurora surge no horizonte. Azul, laranja, encarnada e lilás... É um novo dia que se ergue. Uma nova esperança, uma ânsia de aventura, de descanso, de mudança. A cada instante a claridade (...)